Top 5: Cuidados diários que você deve ter com o seu carro
Top 5: Cuidados diários que você deve ter com o seu carro

Você já ouviu falar de manutenção preventiva? Muitas pessoas pensam que os cuidados com o carro começam quando há problemas, mas, na verdade, prevenir é melhor que remediar. E não pense que esse tipo de manutenção deve ser feito apenas na oficina mecânica. Para conservar o seu veículo sempre novinho, você pode começar a cuidar dele na garagem de casa.

Top 5: Cuidados diários que você deve ter com o seu carro

Calibre os pneus semanalmente. Utilizar a calibragem correta dos pneus do seu carro é muito importante para uma série de fatores. Pneus muito vazios ou cheios em excesso se desgastam de forma irregular, diminuindo a vida útil do componente e, como se não bastasse, forçando a suspensão e os amortecedores. Portanto, observe qual é a recomendação do fabricante para o seu carro. Essa informação pode ser encontrada no manual do proprietário ou em adesivos afixados nos batentes da porta e na abertura do tanque de gasolina.

Verifique o nível da água e dos lubrificantes. Em geral, os sistemas de óleo e arrefecimento devem manter o nível dos líquidos até o momento da troca. Entretanto, a verificação periódica é necessária, pois pode haver vazamentos. No caso da lubrificação, o consumo alto pode indicar problemas mais graves no motor, que podem se tornar ainda piores caso você demore para acionar o mecânico.

Acesse o Simulador de Consórcio e escolha o carro que mais combina com você!

Fique atento a barulhos. Ouvir música no carro é uma delícia, mas, ao sair pela primeira vez no dia, tente rodar alguns quilômetros com o som desligado. Essa é a hora de procurar sinais de que algo pode não estar em ordem. Chiados no freio, batidas na suspensão ou ruídos no motor são a indicação de que o mecânico precisa ser acionado. Se a situação se prolongar, o defeito pode se tornar ainda mais grave, sendo que o conserto sairá mais caro.

Observe o consumo. Se o consumo de combustível estiver muito alto, é sinal de que algo não vai bem no motor. O carro pode estar fazendo mais esforço do que o normal para ganhar velocidade e, com isso, o desgaste de componentes importantes pode trazer sérios problemas no futuro. Faça uma tabela e acompanhe diariamente a quantidade de combustível gasto.