Sou obrigado a usar o crédito ao ser contemplado no consórcio?
Sou obrigado a usar o crédito ao ser contemplado no consórcio?

Sou obrigado a usar o crédito ao ser contemplado no consórcio? Você entrou em um consórcio planejando a aquisição de um bem ou a contratação de um serviço a médio ou longo prazo, mas foi contemplado antes do esperado. Ou mudou de ideia e não deseja adquirir o bem ou serviço quando da contemplação. Saiba que o consórcio te permite fazer uma série de escolhas, dentre elas, quando utilizar o crédito.

Sou obrigado a usar o crédito ao ser contemplado no consórcio?

Ao ser contemplado, você não é obrigado a utilizar imediatamente o crédito. Essa decisão pode ser tomada conforme lhe convier, tendo como prazo até o encerramento do grupo. Assim, você escolhe com tranquilidade o bem ou serviço e ainda o fornecedor ou prestador do serviço.

Um fato muito importante a ser considerado é que você terá à sua disposição o valor do crédito vigente na data da AGO (Assembleia Geral Ordinária) de contemplação, independentemente de quando for utilizá-lo. Ou seja, se o valor do crédito for de R$ 50 mil na data da contemplação, mesmo que você utilize o crédito um ano depois e esse valor tenha sido corrigido para R$ 55 mil, você terá disponível R$ 50 mil, acrescidos dos rendimentos financeiros do período, conforme explicaremos a seguir.

Rendimentos Financeiros

Após a contemplação, o crédito deixa de ser atualizado conforme o critério estabelecido em contrato e passa a ter rendimentos financeiros. O tipo de aplicação é definido pelo grupo durante a primeira AGO, dentre as opções permitidas pelo Banco Central do Brasil (BCB), e registrado no contrato de adesão ao grupo de consórcio.

Assim, da data da AGO de sua contemplação (especificamente em até três dias úteis a partir dessa data) até um dia antes de sua utilização, o crédito estará tendo rendimentos financeiros que serão somados ao valor total ao qual você terá direito.

Exemplificando: caso você seja contemplado com o crédito no valor de R$ 50 mil e utilize o valor seis meses após a contemplação, você terá direito ao valor em vigor na data da contemplação (R$ 50 mil) mais os rendimentos financeiros durante esses seis meses.

Caso não queira utilizar o crédito para a compra do bem ou serviço desejado na adesão ao consórcio, você poderá retirar o crédito em dinheiro. Isso pode ser feito desde que tenha quitado a dívida e aguardado o prazo de 180 dias da contemplação. Fonte: ABAC

Faça seu consórcio!

Quer comprar o seu carro sem pagar juros? Acesse o nosso Simulador de Consórcio e fique por dentro dos melhores planos de compra, totalmente SEM JUROS, SEM ENTRADA, SEM TAXA DE ADESÃO e com prazos ideais para o seu orçamento!