Saiba o que fazer quando tiver a CNH suspensa

Para ter a CNH suspensa, o condutor precisa ter ultrapassado 20 pontos na carteira dentro do período de 12 meses. A suspensão da carteira, descrita no artigo 256, inciso III do Código de Trânsito Brasileiro, pode acontecer por motivos diversos e tem duração de 2 meses até 2 anos, tempo determinado de acordo com o tipo de infração.

Saiba o que fazer quando tiver a CNH suspensa

Estar com a CNH suspensa impede o condutor de dirigir por um período de 2 meses à 2 anos, dependendo da infração cometida. Quando a “Notificação de Instauração do Processo Administrativo” é recebida, é possível recorrer de três formas:

  1. Na Defesa Prévia, quando é notificado da Infração;
  2. Nas Juntas Administrativas de Recursos de Infração, quando recebe a notificação da autuação;
  3. No CETRAN (Conselho Estadual de Trânsito) quando os argumentos apresentados nos recursos anteriores não foram admitidos.

Como é feita a somatória dos pontos?

Quando a suspensão ocorre, é observado quais infrações fora cometidas e são somados os pontos correspondentes a cada uma. 

Infrações LEVES: 3 pontos na carteira.
Infrações MÉDIAS: 4 pontos na carteira.
Infrações GRAVES: 5 pontos na carteira.
Infrações GRAVÍSSIMAS: 7 pontos na carteira.

Segundo Código de Trânsito Brasileiro, o processo de suspensão só poderá ser estabelecido após não haver mais possibilidade de recurso quanto à infração que originou a penalidade. Ou seja, o Condutor deve recorrer das infrações desde a primeira oportunidade, buscando reverter o corrido, suspender as penalidades ou evitar um futuro processo de Suspensão de CNH, principalmente visando a prescrição dos pontos no prazo de 12 meses.

Como evitar a suspensão da CNH

  • Dirija com cuidado: Obedeça a sinalização e as leis de trânsito. Pesquise caso vá dirigir fora do estado, pois algumas leis mudam. 
  • Pratique a condução defensiva: Sempre pense que dirigir não é algo individual e sim um ato que depende dos outros. Pense em todos os automóveis que estão próximos a você. Esteja sempre atento. 
  • Use sempre o cinto de segurança: Segundo o artigo 65, é obrigatório o uso do cinto de segurança para condutor e passageiros em todas as vias do território nacional, salvo em situações regulamentadas pelo CONTRAN.
  • Faça a manutenção regular do seu veículo. Acesse: 5 dicas de manutenção para o seu carro. 
  • Esteja sempre no limite da velocidade permitido. Saiba, contudo, que o limite afixado aplica-se apenas a condições ideais. Dirija a menos de 16 a 24 km/h se estiver chovendo ou se houver neve/gelo no chão.

Faça seu consórcio agora mesmo!

Quer economizar na troca do carro? Isso é possível através do consórcio! Agora que você está por dentro de todas essas orientações, acesse o nosso Simulador de Consórcio. Lá você encontra as melhores ofertas e todos os planos disponíveis para adquirir o carro dos seus sonhos! Aproveite e faça agora mesmo uma Simulação de Consórcio!