Lei dos Consórcios

A Lei 11.795 dos consórcios, entrou em vigor em 2009. Facilitando você até hoje a ser mais assegurado para adquirir seu bem.

Lei dos consórcios
No tema de hoje, iremos falar sobre a lei dos consórcios. Teve surgimento na década de 60 o sistema de consórcios, para compra de veículos em um período onde foi marcado pela escassez de crédito. Em 1971 começou a ser regulamentado com edição da Lei 5.768. Não foi uma lei exclusiva para consórcio, mas estabeleceu regras para o sistema, e assim, definiu o Ministério da Fazenda, como autoridade responsável pela fiscalização e normatização do setor. Com a edição da Lei 8.177, em 1991 a regulamentação e fiscalização das operações passaram para a aptidão do Bacen (Banco Central do Brasil), e assim permaneceu até os dias de hoje. Aconteceu um grande marco do sistema no dia 08 de outubro de 2008, a edição da Lei 11.795 , a Nova lei dos consórcios, que no dia 06 de fevereiro de 2009 entrou em vigor. Trazendo segurança jurídica e estabilidade a consorciados e empresas. Assim, o consórcio tornou se uma modalidade mais consolidada, assegurando os brasileiros a realização de sonhos. A ABAC  (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), estimulou a Lei dos consórcios, apresentada ao Senado Federal. ABAC foi responsável pelo sistema consorcial e a demonstrar a importância sobre o funcionamento, durante o tempo em que a lei tramitou na Câmara e no Senado.

Lei

lei dos consórcios A nova lei dos consórcios é feita por oito capítulos, saiba cada detalhe da Lei 11.795 onde são encontradas regras importantes sobre essa modalidade. Tornando assim, a lei totalmente moderna sem excesso de informações e conceitual. Tendo como foco apenas principais conceitos do sistema, e informações necessárias de deveres de administradoras e consumidores.

Adquira seu consórcio

Agora que você conhece um pouco mais a respeito da nova lei dos consórcios, as regras apropriadas para o consorciado, ABAC, etc, não perca mais tempo, corra para nossa  página de marcas e aproveite para adquirir seu automóvel. Quer mais informações? Fique atento na nossa Página do Jornal do consórcio.