Freio a disco e a tambor. Como eles funcionam?

Entenda como funciona os dois principais sistemas de freio usados nos carros.

Freio a disco e a tambor. Como eles funcionam?
Freio a disco e a tambor. Como eles funcionam?

Você sabe quais são as diferenças entre freio a disco e a tambor? Não só o nome, mas seus modos de operar se distinguem bastante. 

Quando um engenheiro automobilístico desenvolve um projeto, os freios também entram em suas equações. São levados em conta o bom desempenho, durabilidade e baixo custo do sistema de freios. Hoje em dia os mais usados são os freios a disco e o freio a tambor. 

Abaixo nós vamos mostrar quais as principais diferenças entre os dois, e vamos explicar como funcionam. 

Veja as características do freio a disco e a tambor

Freios a tambor

Freio a disco e a tambor. Como eles funcionam?
Freio a tambor

São freios mais simples, inclusive em sua composição: tambor, sapatas, pistões e molas de retor. Seu funcionamento se dá a partir do acionamento do pedal de freio, que desencadeia algumas ações.

A pressão é transmitida pelo fluido de freio até chegar no cilindro onde os pistões estão. Os pistões empurram as sapatas na direção contrária, isso contra a superfície de dentro do tambor, que gira junto com as rodas do carro. 

Existem lonas presas às sapatas, que produzem atrito quando em contato com a superfície do tambor. A partir disso, é feita uma conversão de energia cinética do veículo em calor, o que faz com que o carro pare.

Freios a disco

Freio a disco e a tambor. Como eles funcionam?
Freio a disco

O nome já diz: possuem um disco que é preso ao cubo da roda. Ele é comprimido nas duas faces por pastilhas, que geram o atrito para frear o veículo. Essas pastilhas ficam atreladas à pinça, que se fecham conforme o freio é acionado e empurram as pastilhas contra o disco.

Ele tem algumas vantagens em relação aos freios a tambor. A energia é melhor dissipada por ser aberto e receber fluxos de ar. Além disso, não acumula sujeira e também não causa aquele efeito de pisar mais fundo para frear, pois o disco é dilatado.

Por que os carros de passeio possuem freios a disco e a tambor?

Porque o tipo de freagem requer freios a disco na frente e a tambor na parte de trás. Isso porque o peso é todo transferido para a dianteira do carro durante a frenagem, então a parte de trás não precisa de algo mais potente. 

Já nos carros de corrida, que precisam de melhor desempenho, isso precisa ser diferente. Sendo assim, os freios a disco estão presentes nas rodas dianteiras e traseiras. São imprescindíveis devido às altas velocidades aos quais são submetidos, pois possuem melhor dissipação térmica. 

Faça já seu consórcio

Agora você já sabe a diferença entre freio a disco e a tambor. Sabe também a diferença entre pagar caro e barato por um carro? Se você conhece o consórcio, sabe que ele é a forma barata de ter o seu carro.

Os planos oferecem isenção de juros e taxa de entrada. Não perca tempo, faça já o seu e inicie a conquista do seu carro novo!

Veja aqui os planos de consórcio disponíveis em nossa página.