5 dicas

Pensando em viajar com o seu carro no feriado de natal ? O jornal do Consórcio selecionou 5 dicas para revisão do seu carro.

É recomendado se você for viajar, que leve o carro para a manutenção com pelo menos 30 dias antes. Além disso aproveite esse tempo, enquanto a revisão do carro está sendo feita, para você verificar outras coisas importantes como validade da carteira de habilitação.

Quer saber mais sobre dicas de revisão do carro ? Fique de olho nas informações abaixo.

1. Colocar aditivo na água do radiador

A falta do uso de aditivo pode causar um grande problema nos sistemas de arrefecimento. Ele prolonga a vida útil de válvulas termostáticas, sensores de temperatura e sensores térmicos, além de oferecer proteção anticorrosiva das peças metálicas em contato com a água.

O não é necessário colocar o aditivo sempre que completar a água do radiador em postos. Para carros novos, fazer isso durante a revisão do carro é suficiente.

2. Higienização do ar-condicionado

revisao
Higienização do ar-condicionado.

Você sabia? A cada 10 mil km, é importante fazer a manutenção do seu ar-condicionado, se lembrar de substituir o filtro e higienizar os dutos. Caso isso não aconteça, podem ocorrer problemas de saúde, que tem causas como fundos e bactérias que se alojam nesse sistema.

3. A cada 20 mil km substituir o fluido de freio

O fluido de freio quando não é substituído no período apropriado, pode gerar ferrugem nas peças internas do sistema, como pinças de freio, cilindro mestre e cilindros roda. Por isso fique atento a essa ponto durante a revisão do carro.

4. Correção de cambagem

É um meio termo, não tão essencial como verificar as dicas de revisão acima. Essa correção da geometria da suspensão, não é tão comum quanto o alinhamento. É necessária ser feita quando o carro pega um grande buraco, quando ocorre uma colisão dianteira ou rodas dianteira na guia.

5. Substituição das velas a cada 20 mil km

revisao-obrigatória
Substituição das velas a cada 20 mil km.
Seu carro pode não falhar, mas as velas de ignição devem ser trocadas, pois o arco voltado (faísca) que produzem, vão perdendo a intensidade e deixam de queimar parte do combustível. Aumentando o consumo e diminuindo a potência do motor. Para grande maioria dos carros, essa regra é válida, mas alguns exigem a troca aos 80 mil km.

Fique ligado

Agora que você já está por dentro das dicas e revisão de carros, tenha uma viagem tranquila e para você que ainda não adquiriu seu carro ou quer adquirir o carro do ano, utilize o consórcio(mas sem esquecer as dicas para revisão, ok?).

Acesse nossa Página de Marcas para conhecer as maiores administradoras de consórcio do Brasil e adquirir o melhor plano para seu 2017 começar com grandes realizações.