Descubra a hora certa de trocar de carro
Descubra a hora certa de trocar de carro

Você sabe a hora certa de trocar de carro? É muito recorrente as pessoas pensarem em vender o carro quando as visitas ao mecânico começam a ficar constantes. Este é um indicador, porem não é o único. É importante fazer uma avaliação do seu carro, por isso o Jornal do Consórcio preparou esse post especial pra você.

Descubra a hora certa de trocar de carro

  • Alta quilometragem: A quilometragem vai apontar o quanto o seu automóvel já foi usado. Além disso, por volta de 60 mil quilômetros o carro já vai confirmar um desgaste natural em componentes, como a embreagem e a suspensão. Por esse motivo, ele vai passar a exigir manutenção frequentemente. Contudo, é possível manter um automóvel funcionando de maneira normal, apesar da quilometragem avançada. Isso acontece porque a rotina de cuidados tomados e de uso deve ser levada em conta na problemática.
  • Manutenção constante: É fundamental que se busque uma avaliação de um mecânico de confiança, pois ele fará uma análise e indicará se os motivos dos problemas são em decorrência da falta de revisão ou do desgaste do automóvel.
  • Desvalorização do carro: A saída de linha ou uma mudança no modelo de um veículo podem ser grandes razões para que ocorra desvalorização. Contudo, se você perceber uma queda no valor do seu automóvel, não hesite em colocá-lo à venda. Quanto mais tempo passar, mais valor de mercado ele vai perder. Alguns carros são notórios por terem desvalorização rápida.
  • Qualidade das peças: Os componentes do carro que são feitos de borracha e de plástico têm vida útil de aproximadamente cinco anos. Depois desse período, eles vão apresentar desgastes que influenciarão em outras peças do automóvel.
  • Situação do motor: Se manutenções regulares não forem realizadas com frequência, o motor pode não fundir e ficar superaquecido. Se o seu carro tem apresentado vários problemas de superaquecimento, água vazando do radiador e mangueiras arrebentando, não espere o pior acontecer para trocá-lo.
  • Fim da garantia: As concessionárias e as montadoras, geralmente, oferecem uma garantia de 3 a 5 anos para os veículos. Dessa forma, após esse tempo você terá que desembolsar recursos para resolver desgastes de fábrica do seu automóvel.

Faça o seu consórcio!

Se você tem interesse em adquirir um carro seminovo ou 0km, acesse o nossa Tabela de Preços Itaú e encontre o carro ideal para você.