Consórcio de imóveis movimenta mais de R$ 820 milhões do FGTS
Consórcio de imóveis movimenta mais de R$ 820 milhões do FGTS

consórcio de imóveis já ajudou milhares de brasileiros a realizarem o sonho da casa própria. Para alcançar esta meta, os trabalhadores contam com a possibilidade de usar o saldo do FGTS. Nos últimos oito anos, mais de R$ 820 milhões em recursos do fundo já foram utilizados por esse segmento do consórcio.

Consórcio de imóveis movimenta mais de R$ 820 milhões do FGTS

O saldo do FGTS pode ser utilizado pelo trabalhador no consórcio de imóveis seguindo algumas condições. No caso do consorciado não contemplado, o valor pode ser utilizado total ou parcialmente para ofertar lances. Após contemplação, o saldo pode ser usado para complementar o valor do crédito, abater parte das prestações e amortizar ou liquidar o saldo devedor.

A utilização do FGTS no consórcio de imóveis é possível desde março de 2012. Naquela ocasião, foi publicada a Resolução do Conselho Curador nº 380, que estabeleceu critérios para liberação do saldo da conta vinculada ao FGTS do trabalhador. Entretanto, o normativo previa a utilização do saldo apenas para ofertar lances para aquisição de moradia. Foi a partir de 2009, com a Lei 12.058, que ficou permitido amortizar, liquidar ou realizar o pagamento parcial dos valores relativos a cota já contemplada pelo Sistema de Consórcios.

Como usar o FGTS para comprar um imóvel

A contemplação pode ocorrer por meio de sorteio ou lances, realizados nas assembleias gerais ordinárias. De acordo com a disponibilidade, os consorciados são sorteados para receber a carta de crédito, no valor do plano escolhido. O lance é um direito do consorciado antecipar a contemplação, se tiver sorte de dar o maior lance.

  • Oferta de lance em consórcio de imóvel residencial. O consorciado poderá utilizar até 100% do saldo da sua conta do FGTS para ofertas lance. Para tanto, deverá apresentar o extrato do fundo de garantia à administradora.  
  • Complementação da carta de crédito para adquirir um imóvel de maior valor. Se o consorciado possuir um consórcio com a carta de crédito de menor valor do que pretende adquirir, poderá sacar o valor que complementa o crédito. 
  • Pagamento de parte das prestações de consórcio de imóveis. O valor debitado da conta vinculado do FGTS para abater parte da prestação pode ser de até 80% do valor total da parcela. 
  • Amortização extraordinária ou liquidação de saldo devedor. O consorciado pode utilizar os recursos de sua conta vinculada do FGTS para pagar parte do saldo devedor ou liquidar dívida. Fonte: ABAC

Adquira o imóvel dos seus sonhos agora mesmo!

Quer realizar o sonho da casa própria? Acesse a nossa Tabela de Preços ou ligue pra gente 0800 735 7500 e fale com um de nossos consultores.