Como transportar crianças com segurança
Como transportar crianças com segurança

Você sabe como transportar crianças com segurança? Crianças adoram passear de carro, mas o que realmente importa é garantir que elas estejam seguras. Portanto, saber como transportar crianças com segurança é algo fundamental e de responsabilidade dos pais. 

Como transportar crianças com segurança: Conheça a lei

Primeiramente, é importante conhecer a lei. A lei determina que crianças com idade inferior a 10 anos estejam sempre no banco traseiro do carro em dispositivos de retenção compatíveis com idade e peso. Esses equipamentos são fundamentais para evitar que a criança seja arremessada para fora do veículo. Além disso, diminuem as chances de danos na coluna vertebral e cabeça. Além disso, ajudam também a desacelerar o corpo no momento da batida. Acesse para saber mais sobre a importância da cadeirinha infantil.

Importante dizer que transportar crianças menores de 10 anos sem os equipamentos necessários é uma infração gravíssima. Gerando multa e 7 pontos na carteira de habilitação do condutor.

Como transportar crianças com segurança
Como transportar crianças com segurança

Para evitar erros, é muito importante entender exatamente o que a lei diz e estar sempre atento às suas atualizações. Lembre-se que mesmo que as leis do CONTRAM permaneçam iguais, os equipamentos mudam de acordo com o peso e idade da criança que está sendo transportada. Um dado importante: Uma criança devidamente transportada, tem 71% de chance de sobreviver a um acidente de carro.

Como transportar crianças com segurança: Atrás ou na Frente?

Como mencionamos anteriormente, apenas crianças de 10 anos ou mais podem ser transportadas no banco da frente do veículo. Com idade inferior, elas devem sentar no banco traseiro com os dispositivos recomendados para cada idade. Mas, existe uma exceção: caso o seu veículo não tenha banco traseiro, como picapes ou carros esportivos, o Código Brasileiro de Trânsito permite o transporte no banco da frente, mas sempre com o dispositivo de retenção apropriado.

O sistema ISOFIX é formado por ganchos presos à carroceria do veículo. Portanto, é sem dúvidas, o mais recomendado e ideal para quem quer saber como transportar crianças no carro com segurança. Na Europa é bastante comum, já no Brasil ele acaba de ser adotado. É uma exigência do Denatran que, até 2020, todos os veículos novos saiam da fábrica com pelo menos um ponto de ISOFIX.

Como transportar crianças com segurança: O que não se deve fazer

Muitas pessoas não sabem, mas o cinto de segurança foi projetado para ser usado em pessoas adultas, com no mínimo 1,45m de altura. Por isso, transportar crianças apenas com este dispositivo gera multa e perda de pontos na carteira. Para bebês e crianças, o cinto de segurança acaba sendo grande demais e não consegue desempenhar a sua função com eficiência. Além de se tornar incômodo para os pequenos. Em caso de acidentes com colisão, as crianças podem ser arremessadas do carro por não estarem devidamente presas ou sofrerem contusões graves provocadas pelo uso incorreto do cinto.

O colo do responsável não é uma opção válida quando falamos sobre como transportar crianças no carro. Em um acidente, é impossível segurá-los da maneira correta. Outra prática comum e muito errada é dividir o cinto de segurança com uma criança. Em caso de batida, o peso do adulto tende a esmaga-la contra a parte da frente do veículo.

Compre seu carro agora mesmo!

Você sabia que o consórcio é uma modalidade de compra parcelada totalmente segura e econômica? Além disso, você pode realizar seus sonhos sem gastar muito. Portanto, acesse nosso Simulador de Consórcio e veja qual plano ideal para o seu orçamento!