Como escolher o melhor lubrificante automotivo
Como escolher o melhor lubrificante automotivo

Para escolher o melhor lubrificante automotivo, é importante que você conheça as opções do mercado, as características e as necessidades de cada veículo. Cada carro possui requerimentos específicos. O que torna imprescindível a correta recomendação de produto. Por isso, há uma diversidade de produtos e especificações para atender de forma adequada às necessidades de cada automóvel.

Como escolher o melhor lubrificante automotivo

Óleo Lubrificante Mineral. Os lubrificantes minerais são produzidos a partir de óleos básicos obtidos através do processo convencional de refino de petróleo e aditivos. O óleo mineral não é tão desenvolvido quanto os semissintéticos e sintéticos. Em contrapartida, ainda é o mais comum do mercado. Possui preço reduzido e é indicado para carros mais antigos. Além disso, estraga mais rápido e exige mais trocas de óleo.

Óleo Lubrificante Sintético. São fabricados a partir de óleos básicos que são obtidos por processos de mais modernos e severos de refino ou por processos petroquímicos e aditivos. Respondem bem às condições severas de uso, como é comum ocorrer com os veículos que rodam nas grandes cidades e que enfrentam engarrafamentos diários. Devido à composição química de alta estabilidade e pureza, a oxidação das peças do motor é menor, proporcionando maior durabilidade.

Óleo Lubrificante Semissintético. Este tipo de lubrificante é elaborado pela mistura de óleos básicos minerais e sintéticos. Com proporção mínima definida, procura-se reunir as melhores propriedades de cada tipo para que o resultado seja um produto com boa relação custo benefício.

Qual o melhor lubrificante automotivo?

O melhor lubrificante automotivo sempre será o indicado no manual do proprietário. As montadoras investem alto em pesquisa, desenvolvimento e testes para determinar qual o melhor lubrificante para cada tipo de veículo. O óleo lubrificante recomendado pela montadora é o produto capaz de oferecer a melhor performance e proporcionar os benefícios ao motor do veículo, tais como:

  • Maximizar a vida útil do motor;
  • Desempenho excepcional;
  • Lubrificação eficiente das peças metálicas e móveis;
  • Economia de combustível.