Banco Central muda as regras para os consórcios. Saiba mais!
Banco Central muda as regras para os consórcios. Saiba mais!

O Consórcio virou a melhor alternativa em meio a retração da economia, alta de juros e dificuldades da liberação de crédito. Os planos de consórcio são o melhor caminho para quem quer adquirir bens de forma mais econômica e segura. Agora o Banco Central muda as regras para os consórcios, dando mais vantagens ainda. Confira abaixo!

Banco Central muda as regras para os Consórcios

O Banco Central do Brasil publicou nesta semana as novas regras para o sistema de consórcios. Eles têm como objetivo diminuir parte da burocracia e simplificar ainda mais o processo de compra através do sistema.

As mudanças estão previstas para o mês de julho deste ano. Entre elas estão a opção do consorciado poder sair do grupo somente comunicando a administradora. Hoje é feito através de uma formalização de forma escrita, sendo obrigatória essa prática.

Para os consorciados excluídos não contemplados, poderão ser readmitidos em seus próprios grupo. Eventuais multas rescisórias impostas devido a exclusão do participante não serão praticadas. Segundo o Banco Central, tal medida preserva a poupança já realizada pelo participante excluído. Isso também faz reduzir custos operacionais de administração dos grupos de consórcio. Assim, pode acabar contribuindo para a diminuição das taxas de administração.

Vantagens do consórcio

Os planos de consórcio são a opção ideal para quem deseja contrair patrimônio com mais economia de forma planejada. Todos os planos são isentos de juros ou entradas, diferentemente de outras formas de compra como o financiamento. É uma vantagem, já que o banco chega a cobrar 2% a 3.5% ao mês de juros.

As administradoras de consórcio oferecem prazos mais estendidos com inúmeras possibilidades de negociação. Outra vantagem é que e os participantes concorrem as retiradas através do sorteio e lance.

O plano de consórcio também pode ser compreendido como uma “poupança programada” no qual os valores contribuídos mensalmente após a contemplação rendem sobre a taxa SELIC (taxa média de juros) e ao final do grupo os consorciados recebem os valores corrigidos do investimento.

Uma outra vantagem exclusiva do consórcio, é que os seus participantes possuem mais benefícios no mercado, pois são vistos como “compradores à vista“, e com isso, os consorciados contemplados de veículos podem negociar junto a concessionária descontos ou ainda acessórios para o automóvel, documentação e seguro.

FAÇA JÁ O SEU PLANO!

Agora que o Banco Central muda as regras para os consórcios, ficou mais fácil ter seu bem! Faça como mais de 4 milhões de pessoas que aderiram ao plano de consórcio, compare os planos das melhores administradoras do país em nossa página de marcas e realize já o seu sonho com mais economia.