atrasou a parcela do consórcio
atrasou a parcela do consórcio

Quando o participante atrasa ou deixa de pagar a parcela do consórcio, prejudica o andamento de todo o grupo. Além disso, também deixa de participar dos sorteios mensais. Se você atrasou a parcela do consórcio, veja outras regras e como agir nestes casos.

O QUE ACONTECE SE ATRASAR A PARCELA DO CONSÓRCIO?

A compra por consórcio é feita em grupo, no qual todos contribuem mensalmente gerando fundos para as entregas dos bens. Quando ocorre inadimplência ou  atrasos, as entregas são comprometidas. Por isso, é de extrema importância manter as parcelas do consórcio em dia.

Quando o consorciado atrasa, existe uma taxa de juros e multa informada em contrato de 1% a 2% sobre cada parcela atrasada. Além disso, o participante fica de fora das entregas por sorteio e lance da reunião em que ele ficou em débito.

Caso o consorciado já esteja em posse do bem, tem em média até 30 dias para efetuar o pagamento. Caso contrário, a administradora poderá executar garantias exigidas em contrato, além de juros e multas.

O Banco Central prevê algumas mudanças para o sistema de consórcio no mês de julho, para os consorciados excluídos não contemplados. Eles poderão ser readmitidos em seus próprios grupos, desconsiderando eventuais multas rescisórias impostas devido a exclusão do participante. Hoje, dependendo da quantidade de parcelas, o participante pode ser excluído do grupo sem a possibilidade de ser readmitido.

COMO AGIR SE VOCÊ ATRASOU A PARCELA DO CONSÓRCIO?

Se o participante se encontra em situação de atraso e/ou dificuldades financeiras o primeiro passo é entrar em contato com a administradora. O consultor de pós venda pode lhe ajudar a verificar as possibilidades de negociação. Algumas já possuem junto à sua política, opção de reescalonamento de parcelas.

Para quem ainda não foi contemplado e acredita não conseguir arcar com a parcela do consórcio pode verificar junto a administradora um veículo de menor valor. Isso faz com que se consiga parcelas mais acessíveis ao seu orçamento.

Em último caso, se nenhuma parcela se ajustar em seu orçamento, pode ser feito a transferência de titularidade. Ou seja, outra pessoa pode assumir responsabilidades do plano.

JÁ TEM O SEU CONSÓRCIO?

Se você ainda não tem o seu plano de consórcio, acesse nossa página de marcas e verifique o plano que mais se ajusta em seu orçamento. Comece agora mesmo a investir na realização do seu sonho.