6 erros comuns ao trocar de óleo
6 erros comuns ao trocar de óleo

Você conhece os erros comuns ao trocar de óleo? O óleo é responsável pela prevenção do desgaste, da oxidação e da corrosão das peças do motor. Assim, o componente garante o bom desempenho do propulsor e evita prejuízos para o motorista. A lubrificação errada pode prejudicar a performance do automóvel, o aumento do consumo de combustível e uma possível fundição do motor. 

6 erros comuns ao trocar de óleo

  • Limpar a vareta com estopa. A estopa pode deixar resíduos do óleo antigo contaminarem o novo lubrificante. Opte sempre por usar papel absorvente para limpar a vareta durante a troca do lubrificante.
  • Não respeitar o prazo para a troca do produto. Todo fabricante estipula um prazo no Manual do Proprietário que deve ser seguido. Normalmente o intervalo indicado é a cada 5 mil km ou 10 mil km. Portanto, utilizar o óleo além do período recomendado leva à formação de borra e compromete a capacidade de lubrificação das peças internas do motor, já que aumenta o atrito e o desgaste precoce.
  • Completar o óleo. ao completar o óleo na troca do lubrificante, o produto novo é misturado com o usado e acaba contaminado. O resultado é um lubrificante misto e bem diferente dos dois originais, comprometendo a eficácia e desempenho do motor. Por isso, deve-se trocar todo o óleo do cárter por um novo.
  • Usar aditivos. Além de comprometer as propriedades do lubrificante, gerando a formação de depósitos no motor, faz você desperdiçar dinheiro e energia. Isso porque os óleos de boa qualidade presentes no mercado já contêm um pacote de aditivos específicos em sua composição e atendem todas as necessidades do veículo.
  • Pingar óleo no motor: Afeta as áreas mais críticas, entre elas, velas, câmara de combustão e catalisador. Além disso, quando um desses componentes é afetado, há aumento nos custos de manutenção e nos gastos com combustível.
  • Não trocar o filtro do óleo: O filtro conserva em seu interior um volume residual de óleo oxidado que contamina o lubrificante novo acelerando o processo de envelhecimento. Por isso, deve ser trocado simultaneamente com o óleo para não carregar as impurezas retidas para dentro do motor novamente.

Faça seu consórcio!

Acesse o nosso Simulador de Consórcio e confira os diversos modelos de carros disponíveis, com planos ideais ao seu orçamento. 

Compartilhar
Artigo anteriorComo dar Lance no Consórcio Fiat
Próximo ArtigoJeep Compass 2019
Estudante de publicidade, analista de SEO, viciada em séries, filmes, música pop e redatora do Jornal do Consórcio.